Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Quem somos / Turminha do MPF / Turminha em ação / 2012 / Estudantes em Ribeirão Preto participam de Aulinha da Turminha

Estudantes em Ribeirão Preto participam de Aulinha da Turminha

Estudantes em Ribeirão Preto participam de Aulinha da Turminha

Procuradora da República Ana Cristina Tahan de Campos Netto de Souza conversou sobre cidadania com alunos do Ensino Fundamental

Os alunos da Escola Estadual Orlando Vitaliano, em Ribeirão Preto, São Paulo, participaram da “Aulinha da Turminha” do Ministério Público Federal (MPF), palestra proferida pela procuradora da República Ana Cristina Tahan de Campos Netto de Souza, no dia 16 de outubro de 2012.

A procurada falou sobre cidadania, abordando assuntos relacionados ao cotidiano dos estudantes. Durante a palestra, as crianças assistiram a vídeos da Turminha do MPF e tiveram espaço para tirar dúvidas sobre o que é e o que faz o órgão. "O resultado foi emocionante, as crianças perguntaram se há MPF na China, se existe mesmo ou era brincadeira", conta Maria Lúcia Domingues Martins, servidora que auxiliou na organização do evento.

turminha_ribeirao_preto_escola_orlando_vitaliano.jpg

A procuradora Ana Cristina enfatizou a importância do trabalho e agradeceu aos demais procuradores que participaram do projeto.

Uma outra "Aulinha da Turminha" será ministrada dia 23 de outubro, pelo procurador da República Uendel Domingues Ugatti, no SESI de Ribeirão Preto. O projeto atenderá alunos entre 1ª e 8ª série (390 pela manhã e 220 à tarde).

Há ainda previsão de mais visitas a escolas municipais de ensino fundamental da cidade, segundo Maria Lúcia, a partir de fevereiro de 2013.

O começo

O projeto em Ribeirão Preto teve início em 2010, quando os procuradores Andrey Borges de Mendonça, André Menezes, Carlos Roberto Diogo Garcia, Anna Flávia Nóbrega Cavalcanti Ugatti e Ana Cristina Tahan de Campos Netto de Souza tiveram o primeiro contato com a Turminha

As aulas inaugurais foram ministradas no Centro de Ensino Integrado Dr. João Gilberto Sampaio pelo procurador Andrey e contaram com a participação não só das crianças, mas de diretores de escolas municipais e de representantes da rede estadual e do Serviço Social da Indústria (Sesi)

registrado em: , ,