Você está aqui: Página Inicial Proteja a Natureza Árvores Boas e más notícias para as árvores do Brasil

Boas e más notícias para as árvores do Brasil

— registrado em: , ,

Com a chegada da primavera, comemoramos em 21 de setembro o dia da árvore. Será que há motivos para comemoração? Os jornais trazem boas e más notícias em relação à preservação das nossas florestas:

Boas notícias

Queda no desmatamento da Amazônia

Você se lembra da campanha realizada pelo MPF para combater o desmatamento da Amazônia? Pois é, parece que ela vem dando certo.

De acordo com matéria publicada no jornal Folha de São Paulo, em 1º de setembro, os dois sistemas de monitoramento rápido da floresta Amazônica por satélite mostram que houve grande redução na taxa de devastação em 2010, em comparação a 2009.

Rod radialista

Os dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) acusam uma queda de 48% no desmatamento e os da ONG Imazon 16%. Os números finais só vão ser divulgados em novembro.

Além da campanha do MPF, contribuiu para diminuir a devastação o decreto do presidente da República e a resolução do Conselho Monetário Nacional que cortaram crédito para desmatadores.

árvore com chip

Chip para rastrear madeira

Outra boa notícia é que o Estado do Mato Grosso está testando a instalação de chips eletrônicos para monitorar a exploração de árvores em áreas de manejo florestal.

O sistema vai rastrear a madeira que é extraída e dificultar a extração ilegal em áreas indígenas e de preservação ambiental.

Com os chips será possível ter um controle da origem da madeira e da sua destinação, pois o chip original fica no tronco da árvore cortada e uma cópia dele segue com o tronco até a madeireira autorizada.

Mais de 4.000 árvores já receberam chips contendo dados como espécie, diâmetro, altura e localização.

Os chips são fornecidos pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente e só podem ser cadastrados no sistema se as árvores estiverem dentro de área autorizada para o desmate.

A ideia bem que poderia ser copiada por outros estados, não é mesmo?

Má notícia

Cresce o número de incêndios no resto do país

Mas, apesar da melhora na Amazônia, o período da seca neste ano foi bem mais intenso do que o usual para essa época, e provocou um aumento dos incêndios no resto do país.

O Inpe informou que em agosto de 2010 houve 263 mil focos de calor no Brasil, contra 38,6 mil em agosto do ano passado.

Uma das vegetações mais prejudicadas com a estiagem foi o cerrado. No dia 13 de agosto o fogo destruiu 83% dos 133 mil hectares do Parque Nacional das Emas, em Goiás.

Malu como repórter

árvore queimada

Outros dois parques que sofreram com os incêndios no mês passado foram o Parque Nacional do Araguaia, em Tocantins, e o Parque da Serra da Canastra, em Minas Gerais.

O cerrado tem muitas espécies ameaçadas de extinção que não existem em nenhuma outra parte, e a fauna destruída pelos grandes incêndios pode levar décadas para se refazer.

O Parque das Emas, por exemplo, tem muitos animais de grande porte, como  tamanduás-bandeira,

porcos-do mato e onças, que perderam grande parte do seu habitat.

O incêndio, considerado o mais grave em uma unidade de conservação na última década, teve início em fazendas no entorno do parque e se espalhou com o vento.

 

Ajude os pássaros

Se você mora perto de áreas atingidas pelos incêndios, pode ajudar os passarinhos da sua vizinhança.

A ideia é montar nos jardins pequenos "oásis" onde as aves possam se refrescar e ao mesmo tempo serem observadas pela criançada.

Como ensina a amiga Tietta Pivatto, de Mato Grosso do Sul, podemos formar pequenas piscinas com o uso de suportes para vasos, discos de arado, vasilhas de barro ou bacias.  Mas não esqueça de lavá-los com frequência, para deixar o mosquito da dengue bem longe. É preciso ter cuidado para que o material  usado não machuque os pássaros.

Além de bacias com água é possível também colocar frutas (banana, mamão, etc) em locais altos.

Veja uma das fotos da amiga Tietta Pivatto.

João-de-barro aproveita para se refrescar

João-de-barro aproveita para se refrescar

Clique aqui  para saber mais e ver outras fotos de Tietta Pivatto.

Ações do documento
Ferramentas Pessoais