Você está aqui: Página Inicial Proteja a Natureza Árvores

21 de setembro é dia de nossas amigas, as árvores

A proteção do meio ambiente

As árvores são as maiores amigas dos homens. Sem elas a vida da humanidade na terra seria impossível. Elas protegem os mananciais (nascentes de água) que abastecem as cidades, firmam as encostas e margens dos rios, ajudam a manter a umidade do ar e da terra, impedindo a desertificação do solo, absorvem o gás carbônico da atmosfera e liberam oxigênio, diminuindo a poluição e melhorando o clima do planeta, entre tantas outras coisas.

árvore

Com suas copas frondosas elas embelezam as ruas, avenidas e parques, nos dão sombra para descansar e refrescam a temperatura ambiente. As grandes cidades que eliminaram a maior parte das suas árvores, como São Paulo, hoje sofrem com muitas enchentes no período das chuvas. Sem as raízes das árvores para absorver o excesso das águas, e com o solo todo coberto de asfalto e concreto, a chuva não pode se infiltrar na terra e acaba invadindo as casas e inundando as ruas.

A importância das florestas para diminuir o aquecimento do planeta também já está comprovada, mas a relevância das árvores para nossa sobrevivência não se restringe ao fato de elas ajudarem a purificar o ar, proteger as nascentes, evitar a erosão do solo e equilibrar o clima.

A madeira

A madeira delas também é muito útil para construir nossas casas, assoalhos, móveis, objetos de decoração, brinquedos, barcos, ferramentas, cercas e uma infinidade de objetos do nosso uso diário. É também da madeira das árvores que vem o carvão para as caldeiras e a celulose, matéria-prima para a fabricação de papel.

Os frutos

Seus frutos deliciosos alimentam os homens e animais e representam uma das maiores riquezas naturais do nosso país. Só para você ter uma idéia da diversidade das frutas nativas do Brasil, temos mais de 300 espécies, algumas totalmente desconhecidas da maior parte da população.

Para ilustrar essa variedade, citamos alguns exemplos: açaí, amora, araçá, araticum, bacupari, bacuri, buriti, cacau, cajá, caju, cambuci, camu-camu, carambola, coco, cupuaçu, goiaba, graviola, ingá, jabuticaba, jambo, jatobá, jenipapo, murici, pinhão, pitanga, pitomba, pituriaçu, sapoti, serigüela, tucumã-do-pará e umbú. Veja aqui as fotos dessas frutas.

Quantas dessas frutas você já provou? Algumas são típicas de certas regiões e não são  comercializadas no resto do país. Por exemplo, o açaí até pouco tempo só era conhecido no norte. Já o pinhão é encontrado principalmente no Paraná, e o pituriaçu é fruta do agreste brasileiro que pouca gente conhece. Como seria bom se pudéssemos comprar todas essas frutas em qualquer mercado, não é mesmo?

Infelizmente, nem todas são comercializadas. Algumas, só quem tem um pé plantado no quintal é que pode provar, outras são vendidas apenas nas regiões onde sua ocorrência é mais comum, o que é uma pena, pois correm o risco de extinção ou de serem conhecidas apenas por um número restrito de pessoas. Quando você viajar para outros estados, não perca a oportunidade de provar as frutas nativas da região!

 

As propriedades medicinais das árvores

 

árvore com remédio

Uma grande bênção trazida pelas árvores para nossas vidas são os remédios. Não apenas das frutas e flores, mas também das folhas, raízes e do tronco são retirados óleos, resinas, gomas, essências, mel e substâncias medicinais para a fabricação de uma infinidade de remédios para curar as doenças da humanidade e dos animais.

Muitos problemas de saúde podem ser atenuados ou até curados com as frutas que estão ao nosso alcance. Mas, lembre-se, é preciso sempre buscar orientações médicas. Quer alguns exemplos?
A amora é boa contra inflamações da garganta e da boca, e a infusão das folhas da amoreira combate diabetes, ou pode ser usada como cataplasma (pano contendo remédio) em doenças da pele.

Amora II.jpg

Maracuja.jpg

A polpa do maracujá tem efeito calmante e da sua casca pode ser feita uma farinha que, enquanto usada diariamente, reduz a taxa de glicose dos diabéticos.

 

O abacate combate a prisão de ventre, gases, reumatismo, problemas digestivos, doenças dos rins, da pele e do fígado. Sua casca pode ser usada contra vermes, hemorragias (sangramentos) e disenteria.

O chá feito com as folhas do abacateiro ajuda a curar dores de cabeça, de garganta, catarro, bronquite, diarréia, cansaço, má digestão, rouquidão, tosse e disenteria.

Abacate.jpg

 

Caqui.jpg

O caqui acalma, combate a febre, a desnutrição, tuberculose, anemia, descalcificação, enfermidades das vias respiratórias, problemas intestinais e do estômago.

Você viu como as árvores são nossas amigas? Por todas essas razões, e também porque elas são seres vivos que merecem nosso respeito, é que devemos preservá-las e lutar para que não sejam destruídas.

  Afinal, sem elas a vida dos homens e animais no planeta estaria ameaçada. Uma das formas de você evitar a destruição das árvores é usando papel reciclado.

 

Vamos brincar?

Para comemorar o dia das nossas amigas, propomos a brincadeira da frotagem. Você pega alguma folha de árvore, de preferência uma que já tenha caído naturalmente no chão, e coloca sobre ela uma folha de papel. Depois, passa o lápis de cera por cima e terá uma cópia colorida dos detalhes da folha: da lâmina, do pecíolo (haste) e das nervuras.

Nós fizemos dois exemplos para você ver. Usamos as folhas do pau-brasil e do ipê. Mas você pode usar folhas de qualquer outra árvore que encontrar perto da sua casa.

Folha do pau-brasil:

foto1.jpg

Folha do ipê:

foto 2.jpg

 

Veja aqui mais frotagem de folhas

 

Fontes:
Árvores Brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas do Brasil, Vol. 1, Harri Lorenzi, 4ª ed. Nova Odessa, São Paulo: Instituto Plantarum, 2002.
Série Atlas Visuais Plantas, 6ª ed., Editora Ática, São Paulo, 1996.
e
http://www.achetudoeregiao.com.br

Ações do documento
Ferramentas Pessoais