Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Você está aqui: Página Inicial Projeto MP pela Educação Digital nas Escolas dá inicio à 2ª fase

Projeto MP pela Educação Digital nas Escolas dá inicio à 2ª fase

— registrado em: , ,

Depois de capacitar mais de 3 mil educadores em todo o Brasil para o uso da internet como ferramenta para a promoção da cidadania, o projeto “Ministério Público pela Educação Digital nas Escolas” deu início à sua segunda etapa de atividades.

Entre outubro deste ano e setembro de 2017, professores de escolas públicas e privadas de mais 15 estados da federação terão a oportunidade de participar da oficina “Segurança, ética e cidadania na internet: educando para boas escolhas online”, realizada por meio de parceria entre o Ministério Público Federal, a organização não governamental Safernet e o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br).

A oficina busca oferecer subsídios para o desenvolvimento de atividades pedagógicas acerca dos desafios para o uso seguro e cidadão da internet, abordando temas como ciberbullying, sexting, aliciamento, privacidade, canais de denúncia e uso excessivo da rede.

O “MP pela Educação Digital nas Escolas” é um projeto coordenado pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), por meio de seu Grupo de Trabalho Comunicação Social, com auxílio do Grupo de Trabalho de Enfrentamento aos Crimes Cibernéticos (2ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF) e do Grupo de Trabalho sobre Tecnologias da Comunicação (3ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF).

Próximas oficinas – Manaus deu início à segunda fase do projeto, com oficina realizada no último dia 30 de agosto. Em 8 de novembro será a vez de Cuiabá, no Mato Grosso, receber o projeto. Também já estão agendadas oficinas nas cidades de Porto Velho (RO) e de Vitória (ES), nos dias 17 e 22 de novembro, respectivamente.

A segunda etapa do projeto contemplará ainda outros doze estados, com datas das oficinas a serem definidas: Acre, Alagoas, Amapá, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima e Sergipe.



 

Ações do documento
Ferramentas Pessoais