Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Você está aqui: Página Inicial Notícias MPF/SC quer garantir educação de crianças e adolescentes em assentamentos

MPF/SC quer garantir educação de crianças e adolescentes em assentamentos

Ouvir diretamente as comunidades sobre a qualidade dos professores, da merenda, do transporte escolar, da estrutura física das escolas e do material didático. Esses são os objetivos das audiências públicas realizadas pelo Ministério Público Federal em Santa Catarina (MPF/SC) em assentamentos da reforma agrária localizados na região meio-oeste catarinense.

Além da comunidade, as secretarias de educação municipais e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) são convidados a participar dos debates.

O primeiro encontro foi realizado no dia 6 de junho, na escola do Assentamento Hermínio Gonçalves dos Santos, em Caçador. A segunda audiência aconteceu, dia 13 de junho, no Assentamento São Roque I, no município de Matos Costa. Os moradores tiveram a oportunidade de expor as condições de ensino para as crianças e adolescentes dos assentamentos, bem como suas dificuldades.

As próximas audiências estão previstas para o mês de agosto: no dia 8, no Assentamento Índio Galdino, localizado nos municípios de Frei Rogério e Curitibanos; e no dia 29, no Assentamento Perdiz Grande, localizado no município de Timbó Grande, e no Assentamento São Roque II, localizado no município de Timbó Grande, Santa Cecília e Major Vieira.

 

Fonte:
Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República em Santa Catarina
www.prsc.mpf.mp.br

 

Ações do documento
Ferramentas Pessoais