Você está aqui: Página Inicial Nossa Cultura Festa do Boi Garantido e Caprichoso

Festa do Boi Garantido e Caprichoso

— registrado em: ,

 

Parintins é uma cidade localizada no Estado do Amazonas e faz fronteira com o estado do Pará. O lugar é uma ilha, conhecida como Tupinambrana, descoberta em 1796. É o palco da maior manifestação cultural do Norte brasileiro, o Festival Folclórico de Parintins.  A festa acontece em junho no bumbódromo, um tipo de estádio com capacidade para 35 mil pessoas e que tem o formato de uma cabeça de boi. A festa dura três noites, o Boi Garantido (de cor vermelha) e o Boi Caprichoso (de cor azul) fazem as suas apresentações.  Ao final, é escolhido o que teve a melhor performance e enredo e que foi o mais bonito.

 

O Festival de Parintins começou a ser realizada em 1965 e hoje é regulamento por lei municipal, segundo a qual a festa será sempre realizada na última semana do mês de junho, nos dias 28, 29 e 30. A música que acompanha toda a festa é a toada e cerca de 400 ritmistas tocam ao mesmo tempo. As letras das canções trazem os sons das florestas e de diversos pássaros.  As pessoas pintam suas casa com as cores do boi para o qual torcem, evidenciando assim a importância que o festival tem para a comunidade.

 

Conta a lenda que tanto o "Boi" Garantido quanto o "Boi" Caprichoso, teriam nascido graças às promessas feitas a São João Batista. Por motivos diferentes, mas tendo as promessas sido atendidas cumpririam o que prometiam e, ambos os "Bois", a partir dali, se apresentariam todos os anos, isso era garantido, diria o Garantido; e no capricho, diria o Caprichoso.

 

Encenação - No Festival, os dois grupos contam a história do Pai Francisco e sua esposa, a Mãe Catirina, que está grávida e tem o desejo incontrolável de comer língua de boi. Pai Francisco mata o melhor boi da fazenda para satisfazer o desejo da esposa. Pai Francisco seria levado à cadeia, mas a história tem um final feliz, com o "Boi" sobrevivendo graças aos rituais do pajé. Pai Francisco é perdoado e tudo acaba numa enorme festa celebrando a vida do "Boi". Isso tudo é representado nos três dias de festas para toda a população.

 

O Festival  aborda diversas temáticas, principalmente a cultura regional: como os rituais indígenas, as danças tribais, costumes dos ribeirinhos e as lendas, representado por meio de encenações, alegorias lendas, bonecos e trajes. É muito parecido com o carnaval, mas é uma festa mais regionalizada.

 

Fonte: Parintis.com e boi bumbá

 

 

 

 

 

Ações do documento
Ferramentas Pessoais