Você está aqui: Página Inicial Nossa Cultura Datas Cívicas 21 de abril: 50 anos da nossa capital

21 de abril: 50 anos da nossa capital

— registrado em: ,

Veja o bate-papo do Professor Ari, da Malu e do Rafinha sobre Brasília e sobre o Dia de Tiradentes

cabeçalhoEntre em contatoVai para a página mas, por que?Blog da Malu

Rafinha diz:

Professor Ari, no feriado de 21 de abril eu fui conhecer Brasília com a minha família. Foi muito legal! Sabia que este ano a nossa capital fez 50 anos? 

 

Ari diz:

Sabia, Rafinha. Brasília foi inaugurada no dia 21 de abril de 1960. O presidente na época era Juscelino Kubitschek, o JK. Os candangos (nome dado aos primeiros habitantes da nova cidade) festejaram muito a inauguração da "Capital da Esperança", forma carinhosa com que Brasília foi apelidada. Além de JK, os principais responsáveis pela construção de Brasília foram o político Israel Pinheiro (primeiro administrador de Brasília), o arquiteto e urbanista Lúcio Costa (que fez o desenho da cidade, chamado Plano Piloto de Brasília) e o arquiteto Oscar Niemeyer (autor dos principais edifícios) .

 

Malu diz:

Eu já ouvi falar do Oscar Niemeyer. Foi ele quem projetou a Procuradoria Geral da República, que é a sede adiministrativa do Ministério Público Federal, e muitos outos prédios em Brasília, no Brasil e inclusive pelo mundo afora. O Palácio do Planalto (onde o presidente trabalha), o Palácio da Alvorada (onde o presidente mora), o Congresso Nacional (onde trabalham os senadores e deputados), o Palácio do Itamaraty, o Supremo Tribunal Federal (STF) e a Esplanada dos Ministérios são alguns exemplos. Dêem uma olhada nesta página que eu achei na internet, tem muitas fotos legais de Brasília: http://www.portalbrasil.net/brasil_cidades_brasilia.htm

 
Ari diz:

Acessei a página, Malu! Tinha me esquecido de como é bonita a ponte JK, a mais nova da cidade. Vocês sabiam que a beleza e singularidade do plano urbanístico de Brasília e de seus edifícios deram à cidade o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, fornecido pela Organização das Nações Unidas?

 

Rafinha diz:

Que legal! A capital do Brasil é um patrimômio de toda a humanidade! Minha mãe contou que a construção de Brasília atraiu pessoas de todos os cantos do país. Eram os pioneiros. E o meu próprio avô foi um pioneiro. Ele e milhares de pessoas chegaram à cidade em busca de melhores condições de vida. Por isso Brasília é uma mistura de sotaques, culturas e costumes, e tem uma população jovem e trabalhadora. 

 

Malu diz:

Deve ser por isso que o meu pai diz que a nossa capital é como se fosse a vitrine do Brasil: reúne um pouquinho de todos os brasileiros! Mas eu não entendo o que ela tem a ver com Tiradentes...

 

Ari diz:

Na verdade, a única coisa em comum é que o dia do Aniversário de Brasília, 21 de abril, é o mesmo dia da morte de Tiradentes. que se transformou em um feriado nacional. Só que Tiradentes morreu em 1792, e Brasília foi construída 168 anos depois, em 1960.

  

Malu diz:

E por que a morte do Tiradentes virou feriado?

 

Ari diz:

É uma homenagem que o Brasil presta ao sacrifício de Joaquim José da Silva Xavier. Ele foi dentista (e disso surgiu o nome Tiradentes), minerador, comerciante, militar e ativista político, na época que o Brasil era uma colônia de Portugal e era dividido não em estados, mas em capitanias. Tiradentes é reconhecido como o símbolo da Inconfidência Mineira, que foi um dos primeiros movimentos organizados pelos habitantes do território brasileiro para conseguir a independência do país em relação a Portugal.

 

Rafinha diz:

Olha o que eu li num portal educativo:

A maioria da pessoas que lutavam a favor da independência do Brasil eram homens ricos e cultos, mas Tiradentes era um homem simples, e era ele quem saía às ruas, procurando conquistar a adesão do povo ao movimento que passou a ser conhecido como Inconfidência Mineira. O resultado disso foi que, no julgamento dos “inconfidentes”, todos os que tinham posses conseguiram escapar da pena máxima, trocando-a pela prisão ou pelo exílio, mas Tiradentes acabou condenado à morte e ao esquartejamento, para que as partes de seu corpo ficassem expostas ao público e desencorajassem outras tentativas de rebelião. Executado como um criminoso, Tiradentes se transformou no primeiro herói brasileiro, logo após a nossa Independência, em 1822.

 

Ari diz:

É isso mesmo, Rafinha. E tem uma curiosidade: a cidade de Tiradentes (em Minas Gerais), antiga Vila de São José do Rio das Mortes, foi nomeada em homenagem a ele.

 

Malu diz:

Nossa... Tiradentes merece mesmo todas as homenagens!

 

Rafinha diz:

E Brasília também! Como diz a música:  "Céu de Brasília, traço do arquiteto, gosto tanto dela assim."


 

Rafinha

professor Ari

Malu

 

rodape_chat.jpg

 

 Blog da Malu   |   Vídeo: "o que você tem a ver com a corrupção?"  |  Área do professor 

 

 

Ações do documento
Ferramentas Pessoais