Você está aqui: Página Inicial Nossa Cultura Arquitetura Você sabia que Oscar Niemeyer projetou o prédio da Procuradoria-Geral da República?

Você sabia que Oscar Niemeyer projetou o prédio da Procuradoria-Geral da República?

Confira fotos da construção, uma obra-prima da arquitetura

Você sabia que Oscar Niemeyer projetou o prédio da Procuradoria-Geral da República?

Oscar Niemeyer

 

Em homenagem a Oscar Niemeyer, que morreu nesta quarta-feira, aos 104 anos, a Turminha do MPF publica uma galeria de fotos do complexo da Procuradoria Geral da República, que abriga a sede administrativa do Ministério Público Federal e foi projetada pelo arquiteto.

 

No complexo, estão os gabinetes do procurador-geral da República e dos subprocurdores-gerais da República. Localizada na Avenida L4 Sul, em Brasília, a sede ocupa uma área de 41,3 mil metros quadrados de extensão.

 

O complexo se destaca pelos prédios com formas arredondadas, revestidas pelo vidro reflexivo que espelha o azul intenso do céu da capital. O Bloco A, onde se localizam os gabinetes, foi erguido de modo a dar a sensação de que está flutuando. Ele não possui pilares de sustentação, que é feita a partir de uma estrutura de concreto em forma de estrela no topo do prédio. Da estrela saem tirantes que sustentam os pisos, e todo o peso da estrutura é transferido à coluna central do edifício, que o descarrega ao solo.

 

A localização da sede da Procuradoria Geral da República foi prevista por Lúcio Costa no Plano Diretor de Brasília, em 1960. Mas ao se transferir para a nova capital, em 1962, a PGR ocupou primeiro dois andares do Departamento de Administração do Serviço Público (DASP). O órgão chegou a utilizar espaços do Ministério da Indústria e Comércio e do Ministério da Saúde antes de se mudar, em 1982, para um prédio na Avenida L2 Sul, onde hoje funciona a Procuradoria da República no Distrito Federal.

 

Em 1988, com a promulgação da Constituição Federal, o Ministério Público brasileiro ganhou novas atribuições, sendo declarado instituição permanente à qual foi incumbida a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis. Diante da nova realidade, o Ministério Público Federal cresceu e o prédio da L2 Sul já não comportava mais as necessidades da Procuradoria Geral da República. Assim, em 1997 foram iniciadas as obras de construção da atual sede.

 

A localização da Procuradoria Geral da República é estratégica, próxima ao Supremo Tribunal Federal, ao Superior Tribunal de Justiça, ao Tribunal Superior Eleitoral e ao Tribunal de Contas da União. De suas janelas, é possível observar a Praça dos Três Poderes, com as sedes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

 

O prédio possui um espaço que conta da história do órgão, o Memorial do MPF, onde o visitante encontra peças que participaram da história da instituição. O local promove ainda projetos de visitas guiadas, como Escola Cidadã e MPDF em Campus. A PGR também possui uma biblioteca e um restaurante abertos ao público externo.

 

Ligação familiar - Oscar Niemeyer também era neto do ex-Procurador-Geral da República Antônio Augusto Ribeiro de Almeida.

Ações do documento
Ferramentas Pessoais