Você está aqui: Página Inicial Honestidade no dia a dia Trabalho Escravo Entenda o significado do 13 de maio

Entenda o significado do 13 de maio

— registrado em: , ,

icone-sol.gifSol: Rod, você uma vez me contou por que existe o Dia da Consciência Negra, lembra?

 Rod: Lembro, sim! icone-rod.gif

icone-sol.gifSol: Eu entendi que é uma data em homenagem a Zumbi dos Palmares e, ao mesmo tempo, um dia para prestar atenção nos problemas que todas as pessoas negras enfrentam.

Rod:  Isso mesmo. Você tem boa memória, amiga.icone-rod.gif
Sol: Também entendi que devemos refletir sobre a exploração cruel que os negros sofreram no passado, lá na época da escravidão...

 Rod:  Com certeza, e digo mais: a história dos negros, no Brasil e no mundo inteiro, não pode ser deixada de lado. É importante pra entendermos as dificuldades que enfrentam ainda hoje. Nosso país deve muito aos descendentes de escravos, sabia?

 

icone-rafinha.gifRafinha: Já que vocês estão falando disso, dêem uma olhada nesta história supermaneira que os visitantes do nosso site ajudaram a contar. É sobre negros que viveram escravizados no Brasil. Cada pessoa escreveu um trecho e, no final, a gente juntou tudo e fez um livro!


Rod: Eu vi e o  legal é que todo mundo podia usar a imaginação e, mesmo assim, a história ficou bem parecida com a realidade... Ou seja, a história do nosso povo tá na cabeça de muita gente!

icone-sol.gifSol: Falando na nossa história, na aula de Artes, fizemos desenhos para uma exposição no Dia da Abolição da Escravatura, 13 de maio. Mas a professora disse que a escravidão não acabou de uma hora para outra.

 

Rod:  É verdade. Fiz uma pesquisa sobre isso:

Em 1888, a princesa Isabel assinou a Lei Áurea, no dia 13 de maio. A lei determinou que todos os escravos em território brasileiro fossem libertados, ou seja, representou a abolição da escravatura.

Antes mesmo dessa lei, muitas manifestações contra a escravidão começaram a acontecer no Brasil, inclusive pelo exército e pela Igreja Católica. Em 1850, a Lei Eusébio de Queiroz  proibiu o tráfico de escravos para o Brasil;  em 1871, a Lei do Ventre Livre determinou liberdade para todos os filhos de escravos. E alguns anos antes da Lei Áurea, foram criadas a Sociedade Brasileira contra a Escravidão e a Confederação Abolicionista.

Sol: E porque  minha professora disse que essa tal de Lei Áurea não resolveu o problema dos escravos.

 

icone-rod.gifRod:  Pelo que pesquisei, a Lei Áurea não gerou transformações profundas na vida dos cerca de 750 mil escravos libertos. Eles iam para as grandes cidades ou ficaram empregados nas  propriedades de origem, mas não tiveram nenhuma ajuda do Estado, dos governantes.

 

Rafinha: E como podemos mudar essa situação? Alguém já fez alguma coisa? 

icone-alex.gifAlex:  Também pesquisei na internet sobre esse assunto. Descobri que muita coisa já aconteceu e está acontecendo, mas ainda não é suficiente. Pra mim, o primeiro passo é a atitude de cada um de nós: somos todos iguais (cidadãos com direitos e deveres), e, portanto, devemos tratar o outro com respeito, civilidade e solidariedade, independentemente de classe social, de raça ou de crenças.

 

icone-malu.gifMalu: O professor Ari acha que o Brasil  precisa é de um política de educação que melhore a qualidade do ensino, tanto no nível fundamental como no nível médio. Se todos tiverem acesso a um ensino de qualidade, as oportunidades ficam mais justas e, em consequência, a desigualdade diminui. E eu concordo.

 

Ari:  Pessoal, vocês podem saber o que tem sido feito para combater o trabalho escravo clicando aqui.icone-ari.gif

 

Ações do documento
Ferramentas Pessoais