Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Explore / Direitos das crianças / Saúde / Dicas de saúde / Professor Ari entrevista: dicas de postura para crianças

Professor Ari entrevista: dicas de postura para crianças

Ari entrevista

Olá, amigos da Turminha! O professor Ari sabe que vocês gostam muito de jogar videogame e ficar navegando na internet por horas seguidas. Por isso, ele entrevistou um especialista para mostrar os cuidados que devemos ter com a nossa postura. Segue abaixo uma conversa com o diretor do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito), doutor Wilen Heil.

icone-ari.gifProfessor Ari: Doutor Wilen Heil, o que pode acontecer se uma criança ficar muito tempo jogando videogame ou em frente ao computador?
WH:
Esta criança possui maior probabilidade de apresentar alguns problemas:
- Dobro de chance de desenvolver miopia.
- Mais chances de apresentar problemas psicológicos e de comportamento.
- Pode apresentar problemas de postura, de crescimento, dores nas costas e tendinites.
- Pode apresentar um rendimento pior na escola e, geralmente, comem mais alimentos gordurosos, que podem resultar em problemas de saúde como colesterol alto e obesidade.

icone-ari.gifAri: Qual deve ser a postura da criança à frente do computador e da televisão?
WH:
A televisão ou computador não podem se transformar em rotina, porque o excesso e a manutenção de uma postura por mais de 50 minutos pode ser prejudicial. Portanto, a criança deve variar de posição e, frequentemente, levantar para beber água, ir ao banheiro, etc.

Mais importante é variar a rotina da criança, inserindo brincadeiras que privilegiem os movimentos corporais e o desenvolvimento psicomotor (coordenação motora). Isso agrega valores maiores que os proporcionados pelos videogames, pela TV ou pelo computador.

Seguem abaixo as orientações para o uso do computador:

-Olhos
Quanto menores o brilho e os reflexos na tela do monitor ou TV, maior o conforto para os olhos. Se necessário, compre um protetor de tela. A posição do monitor é importante para evitar problemas de coluna e de fadiga ocular. Ele deve estar numa distância de aproximadamente 70 centímetros da face da criança, ao nível dos olhos ou um pouco abaixo deles. Se o gabinete da máquina não permitir esta disposição, coloque alguns livros sob o monitor.

-Iluminação
A iluminação precisa ser controlada para não se sobrepor à tela ou produzir reflexos indesejados. Dê preferência aos lustres com ajuste manual. Confira se a luminosidade está adequada. Ao olhar para a tela do micro, não pode haver pontos de luz notáveis atrás ou ao redor dela.

-Cabeça e pescoço
As dores de coluna estão, muitas vezes, relacionadas com o mau posicionamento da cabeça e do pescoço. Para reduzir as chances de lesões, a criança deve evitar torcê-los ou sacudi-los de forma repetitiva.

-Cadeira
Priorize a compra de uma cadeira confortável, ótimo acessório para minimizar o estresse do corpo. Ela deve ter um encosto ajustável (para frente e para trás), que permita uma reclinação de até 30 graus. Prefira encostos altos, porque garantem maior apoio para as costas, diminuindo a tensão localizada. Verifique se a cadeira oferece suporte para a região lombar, descanso de braço com almofadas e uma base com cinco pernas para reduzir o risco de quedas. Digite com os braços formando um ângulo de 90 graus. Isso é importante para garantir a boa circulação sanguínea nos membros superiores.

Pés cruzados ou apoiados na ponta dos dedos favorecem dores na parte inferior da coluna. A criança deve apoiar a planta dos pés no chão, permitindo que eles fiquem retos. Se a cadeira for muito alta, coloque livros ou outro tipo de apoio sob os pés. Lembre-se ainda de manter os joelhos flexionados num ângulo de 90 graus.
 
Permanecendo horas sentado, a coluna recebe uma dose de esforço extra. Nesse caso, procure manter a curva natural das costas (em formato de S). Uma boa dica: coloque um travesseiro na parte inferior da coluna para ajustar a curva lombar.

-Teclados
Não se empolgue com a bela aparência desses periféricos. Prefira os modelos com suporte de pulso, que deve ser grosso e almofadado e estar no mesmo nível do teclado — nunca abaixo.

-Mouse
Quando a criança utiliza o mouse, movimenta os músculos mais fortes dos ombros e dos braços. Por isso, deve ter cautela. Não use força para clicar ou mover o mouse; mantenha o pulso numa posição neutra; e altere a postura das mãos durante o trabalho.

-Movimentos repetitivos
Dores nas mãos, sensibilidade ao toque, adormecimento e formigamento dos dedos são os principais sintomas de lesões por esforço repetitivo. Nunca ignore os possíveis sintomas. Deixar para lá pode ser muito pior.

-Pernas
Uma mesa inadequada pode causar dores na nuca, nas costas e na cabeça. Considere a utilização de um móvel que permita bom espaço para movimentação das pernas e ofereça altura suficiente para posicionar o teclado de forma correta — aproximadamente 70 centímetros do chão.

- Fadiga

Distancie seus olhos do monitor a cada 10 minutos, focalizando-os o mais longe possível durante cinco segundos. Esse procedimento minimiza a fadiga ocular.

Sabemos que estas são dicas ideais de comportamento a frente do computador, mas entendendo que é praticamente impossível que uma criança consiga seguir todas as orientações para uma atividade de longa duração no computador ou no videogame. A melhor sugestão é a mudança de rotina e estabelecimento de tempo para o uso do computador e de jogos eletrônicos.

Ari: É necessário parar a atividade para fazer alongamentos?
WH:
É necessário combater a rotina das posturas estáticas (ficar muito tempo parado) e, assim, orientamos que a criança mude de posição e procure movimentar todas as suas articulações, evitando ficar mais de 50 minutos numa mesma posição ou realizando movimento repetitivo com frequência. Os alongamentos e movimentos de olhos e faces, por exemplo, são indicados para antes, durante e após estas atividades. Mas o alongamento deve ser orientado, para que seja feito da forma correta. Se necessário, procure um fisioterapeuta.

Ari: Há outros cuidados que as crianças podem tomar para evitar problemas de postura?
WH:
Evitar carregar nas costas mochilas com peso igual ou superior a 10% de seu peso corporal; sentar-se em uma cadeira que proporcione a postura correta à frente do computador ou da TV para o uso de games; e, se necessário, procurar um fisioterapeuta para avaliar o ambiente e realizar orientações para futuros problemas.

Um conselho que deixo é incentivar os pais para que se divirtam com seus filhos e procurem resgatar as brincadeiras antigas que estimulam mente e corpo e oferecem resultados melhores que os das novas tecnologias.
 

Leia também:

registrado em: ,