Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Explore / Datas especiais / MAIO / Turminha destaca o Dia Mundial Sem Tabaco

Turminha destaca o Dia Mundial Sem Tabaco

Onde há fumaça, há fogo. Ou cigarro. E você sabia que a fumaça do cigarro pode causar várias doenças? Aproveitando o Dia Mundial Sem Tabaco - 31 de maio - a Turminha do MPF quer ajudar a alertar sobre os malefícios do fumo. A data foi criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em 1987.

De acordo com estudos do Ministério da Saúde, a presença de aproximadamente 4.700 substâncias na fumaça dos derivados do tabaco faz com que o tabagismo seja responsável por doenças como hipertensão arterial, infecções respiratórias, úlcera do aparelho digestivo, trombose vascular, entre outras. As estatísticas apontam ainda que o tabagismo mata 200 mil pessoas a cada ano no país.

Diversas ações educativas foram programadas pelo Brasil afora para lembrar o Dia Mundial Sem Tabaco. Um dos objetivos era sensibilizar a população sobre a necessidade de proteger as pessoas que não fumam do tabagismo passivo (inalação da fumaça de derivados do tabaco proveniente de um fumante).

No dia 28 de maio, a Secretaria de Saúde de São Paulo ofereceu medição de monóxido de carbono e testes de dependência a quem passava pela Estação Barra Funda da Companhia de Transportes Metropolitanos. Além disso, deu orientações aos interessados em parar de fumar.

No Rio de Janeiro, a prefeitura promoveu ações de prevenção no Irajá, Anchieta, Marechal Hermes e no Arpoador. Também foram oferecidas 178 unidades para o fumante largar vício.

Já em Rio Branco, no Acre, os alunos da escola municipal Francisco de Paula Leite Oiticica Filho participaram de atividades recreativas e oficinas sobre tabagismo e prevenção do câncer bucal. Satisfeito com a iniciativa da escola, o pai de um dos alunos comentou que o papel de informar as crianças sobre os malefícios do fumo é da família e também da escola. “Se elas souberem verdadeiramente os malefícios do fumo, dificilmente se tornarão fumantes”, ressaltou.

Tema da campanha – “Proibir o patrocínio, promoção e publicidade do tabaco” foi o lema escolhido pela Organização Mundial da Saúde para o Dia Mundial sem Tabaco 2013. O motivo é que a propaganda de produtos de tabaco e de seus fabricantes tem sido fator determinante na expansão da epidemia de tabagismo no mundo.

A exclusão de propaganda, promoção e patrocínio está prevista na Convenção-Quadro para Controle do Tabaco da OMS, primeiro tratado internacional de saúde pública, ratificado pelo Brasil em 2005.

O Brasil vem avançando nessa política. No final de 2011, a Lei federal nº 12.546 proibiu a propaganda nos pontos de venda dos produtos de tabaco, cuja restrição anteriormente aplicava-se aos meios de comunicação como jornais, revistas e televisão. As advertências sanitárias em produtos do tabaco também fazem parte das medidas previstas na convenção. A partir de 2016, as imagens de advertências passarão também a ocupar 30% da frente das embalagens dos produtos de tabaco.


Fontes:
Agência de Notícias do Instituto Nacional de Câncer (Inca)
Portal de Notícias Riobranco.net

registrado em: ,