Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Você está aqui: Página Inicial Direitos das crianças Saúde Turminha incentiva a doação de sangue

Turminha incentiva a doação de sangue

— registrado em: ,

ilustração doador de sangue 2Elas ainda não têm idade nem peso para ajudar nessa tarefa, mas as crianças da Turminha estão empolgadas com o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, comemorado em 25 de novembro. Combinaram de fazer cartazes na escola e vão convidar os adultos da família para este ato de solidariedade humana: a doação de sangue.

Quem deu o exemplo e explicou os benefícios da doação foi o professor Ari, que sempre participa das campanhas. O sangue doado ajuda em várias situações: quando alguém perde muito sangue em um acidente e precisa fazer uma transfusão; em casos de cirurgias muito longas para manter a quantidade de sangue necessária no paciente; no tratamento da hemofilia, doença caracterizada pela dificuldade do corpo em conter sangramentos, entre outras.

Para abastecer os hemocentros em todo o país, os profissionais de saúde precisam promover campanhas que incentivem as pessoas a doar sangue. E sempre é importante esclarecer dúvidas sobre ilustração doador de sangue 1o assunto:

  • Doar sangue não oferece riscos ao doador porque nenhum material usado na coleta do sangue é reutilizado;
  • O ato de doar sangue não é demorado e acontece após consulta com médicos especializados que vão dizer se você está apto ou não para doar;
  • Doar sangue não provoca qualquer tipo de alteração na parte física de quem doa e não cria dependência no organismo da pessoa;
  • Após a doação, o sangue do doador não sofre qualquer alteração. Não engrossa nem afina;
  • Não há tipo de sangue mais importante do que outros. Todos são importantes para salvar vidas;
  • Doar sangue é um gesto voluntário sendo proibido por lei qualquer forma de pagamento por este ato. 


É fundamental também observar  as condições básicas para a doação, o tipo de alimentação indicada e os cuidados após o procedimento. Confira alguns exemplos:

  • Não estar em uso de medicamentos;
  • Ter entre 16 a 69 anos de idade (16 e 17 anos, mediante consentimento formal do responsável legal);
  • Pesar acima de 50 quilos (descontar o vestuário);
  • Ter dormido pelo menos 6 horas, com qualidade, na noite anterior à doação;
  • Não doar sangue em jejum;
  • Não ter feito tatuagem, piercing ou maquiagem definitiva há 12 meses;
  • Ingerir bastante líquido nas 24 horas seguintes à doação.


Como futuros doadores, os amigos da Tuminha parabenizam aqueles que praticam esse ato de amor que salva muitas vidas. E ficam na torcida para que mais pessoas entrem nessa corrente!
Viva o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue!

 

Conteúdo relacionado
Ações do documento
Ferramentas Pessoais